www.netlan.com.br Venha conhecer nossa empresa... Veja aqui alguns Casos de Sucesso envolvendo a NetLan Envie um pages para o nosso telefone... Intranet Loja fechada no momento... Trabalhe Conosco Dúvidas,Comentários ou críticas ? Estamos aqui... Compre nossos Produtos aqui ! Acesso restrito aos clientes NetLan WebMail NetLan Dúvidas,Comentários ou críticas ? Estamos aqui... WebMail NetLan Suporte NetLan
TELEFONES

(48) 9981-6955
Florianópolis




NOTÍCIAS!

Controlando o acesso à Internet...
02/05/2008

VoIP e a ANATEL
17/09/2007

100% voz sobre IP
30/07/2007

Uso indevido da Marca
21/04/2007

Rede Protegida ?
03/01/2007


Mais notícias...



Sistema da NetLan de controle de acesso à Internet, ajuda os seus clientes a controlarem o acesso realizados pelos seus funcionários!

O tema é bastante polêmico quando se trata de controlar o acesso à Internet na empresa pelos funcionários quando estes estão em serviço.

As empresas de todo o mundo investem cada vez mais em tecnologia para ter o controle sobre seus funcionários quando o assunto é “acesso à Internet” e uso indevido de telefones, carros, máquinas e demais ativos das empresas.

Procuraremos manter nosso foco neste breve texto, no item que mais nos questionam: o acesso à Internet.

Por um lado, os funcionários alegam que este controle está ferindo um direito básico deles e que as empresas ao instalarem sistemas de câmeras e programas de computadores para controlarem o acesso à Internet e seus movimentos nos recintos da empresa, estariam abusando de seu Poder Diretivo. Por outro lado, as empresas têm visto cada vez mais o uso indiscriminado de seus funcionários a título pessoal, dos recursos da empresa.

O fato é simples se analisarmos em um exemplo, a seguinte situação: Imagine que um funcionário qualquer esteja fazendo uso dos recursos da empresa para a qual trabalha para cometer um delito qualquer, ou melhor, exemplificando, um furto de senhas pela Internet para acesso a Bancos. Uma vez descoberto o delito pela autoridade competente, a responsabilidade recairia diretamente sobre a empresa. Caberia a ela, a empresa, indenizar o terceiro logrado caso algum dano fosse cometido (isso sem contar os processos criminais que os diretores da empresa poderiam sofrer). A empresa poderia posteriormente entrar com uma ação contra o seu funcionário cobrando-o pelos prejuízos causados, mas sem os LOGS (registros) de controle de acesso à Internet, que chances teria a empresa de reaver o prejuízo ?

De fato, quando existem confrontos entre os princípios do Direito, no caso, o preceito constitucional do funcionário e o dever da empresa em fazer tal controle, devemos analisar qual deles é o mais importante. E claro, a jurisprudência tem entendido que a empresa não só tem o direito de controlar seus funcionários como também, tem a obrigação de assim faze-lo.

Temos recomendado aos nossos clientes que avisem por escrito aos seus funcionários, de que seus emails, os acessos à Internet e demais recursos da empresa passaram a ser monitorados 24 horas por dia. Somente desta forma a empresa poderá livrar-se de surpresas desagradáveis no futuro.



Publicada em: 02/05/2008
Fonte: João Henrique Bergamasco
Diretor Executivo da NetLan





NetLan ® é marca registrada de NetLan Tecnologia de Sistemas Ltda.
Copyright © 1996-2015 NetLan Tecnologia de Sistemas Ltda.
Rua Francisco Goulart, 42 - Sala 101 - Trindade - Florianópolis - SC - 88036-600